7 sinais de que alguém tem inveja de você, e como lidar com isso:





Nós tendemos a compartilhar nossas conquistas e alegrias com as pessoas que amamos, mas é muito triste quando descobrimos que algumas delas não sentem orgulho ou felicidade por nós, apenas inveja.

inveja é um sentimento tóxico muito poderoso, e pode levar uma pessoa a agir de forma cruel diante das nossas conquistas daqueles ao redor.

Todos já sentimos inveja alguma vez, mas é muito mais difícil lidar com a inveja que os outros sentem de nós, pois não podemos controlar os sentimentos de outras pessoas. No entanto, ao reconhecermos os sinais que mostram que alguém sente inveja de nós, estamos mais preparados para lidar com a situação.

Veja abaixo 7 sinais de que alguém nutre sentimentos de inveja contra você.

1. Oferecer elogios falsos

As pessoas invejosas nos elogiam com uma certa frequência, mas suas palavras carregam toxicidade, e assim que saímos de perto, elas demonstram que realmente são ao virarem os olhos para nós ou fazerem comentários sarcásticos. Ao invés de tentarem resolver a situação, elas optam por fingir que não sentem inveja. Esse é um comportamento negativo e que atrasa suas vidas, porque para termos sucesso, precisamos ser verdadeiros com nós mesmos e com os outros. Elas preferem fingir que não têm inveja do que resolver o problema. Para combater esse comportamento, elogie a pessoa em questão com muita verdade sempre que conseguir algo bom. Assim, ela verá que você é genuíno em seus desejos, o que pode motivá-la a cortar seu padrão de inveja.

2. Minimizar o seu sucesso

Os sucessos de nossas vidas são,geralmente, fruto de muito trabalho e dedicação. No entanto, as pessoas invejosas sempre minimizarão suas conquistas, fazendo parecer que foram uma obra do acaso, e que, sozinho, você não teria capacidade de vencer. Dar corda para esses comentários só motiva a pessoa a manter esse hábito. Mantenha sua humildade, mas nunca deixe de lutar por seus sonhos e comemorar suas realizações.

3. Gabar-se do próprio sucesso

As pessoas invejosas tendem a se gabar em excesso do próprio sucesso, dando mais atenção a isso do que necessário. E, geralmente, tendem a fazer isso enquanto você comemorar suas próprias vitórias, como uma forma de competir por quem é o mais bem-sucedido.
Por mais que possa ser desgastante e irritante, mostrar desconforto apenas motivará a pessoa e justificar seu comportamento. A atitude mais sábia é elogiá-la por suas conquistas e ensinar pelo exemplo.

4. Imitar seu comportamento

As pessoas que sentem inveja de você realmente querem ser mais parecidas com você. Por isso, pode imitar seus comportamentos, modo de falar, vestuário e até mesmo aparência para se sentirem mais bem-sucedidas. Não permita que essas atitudes tirem sua paz, ao invés disso tente incentivar sua individualidade. Apoie quando elas fizerem coisas por conta própria e que não precisamos ser uma cópia de alguém para nos realizarmos.

5. Mostrar competitividade elevada

Essas pessoas sempre querem estar à frente, por isso são altamente competitivas, mantendo uma arrogância ou insegurança, que as motiva a provar que são superiores. Você pode querer entrar em seu jogo e iniciar uma disputa, mas não faça isso. Diga a ela que isso não é uma competição, e que todos têm espaço para florescer.

6. Comemorar as suas falhas

As pessoas invejosas ficam felizes com suas falhas, mesmo que nem sempre demonstrem de forma tão explícita. A razão desse comportamento é porque se sentem menos inferiores quando os outros fracassam. Quando você se entristece, elas se alegram.

7. Fofocar sobre você em sua ausência

As fofocas são comuns entre pessoas invejosas, pois são uma maneira de tentar destruir seu relacionamento com outras pessoas e colocá-lo para baixo. A melhor maneira de lidar com essa situação é abordar a pessoa diretamente. Falar com elas com firmeza muitas vezes é suficiente para fazê-la analisar seu comportamento e mudá-lo.



Fonte:  Resiliência Mental

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Webinar Gratuito sobre Inteligência Emocional

É preciso empurrar o filho para fora do ninho” – Por Rubem Alves

Webinar sobre Inteligência Emocional.