Felicidade, ela está dentro de nós



Muitos ao longo desses tempos sempre me perguntam em relação a felicidade. Questões como: “Não me sinto feliz”, “Já fui feliz e não sou mais”, “Onde está minha felicidade?”, “Como faço para saber o caminho da minha felicidade”, “As pessoas são felizes por quê?”. São muitas as perguntas que podem ser levantadas em cima desse tema “A Felicidade”.

A felicidade está dentro de todos nós, independente de qualquer coisa externa. Que coisas externas, dinheiro, casa, família, namorado (a), nem sempre temos tudo que queremos, mas temos que amar o que conseguimos e gostar muito de nós mesmos.

independente de qualquer coisa externa. Que coisas externas, dinheiro, casa, família, namorado (a), nem sempre temos tudo que queremos, mas temos que amar o que conseguimos e gostar muito de nós mesmos.

A felicidade não depende de um fator específico externo para tornar uma pessoa feliz, imagine se uma pessoa se fixa em “vou ser feliz só quando ganhar na mega-sena”, e se ela não ganhar nunca, tem que viver infeliz por isso?

Muitos ligam a felicidade a dinheiro, e não necessariamente é via de regra, é claro que se estiver em dívidas fica mais difícil, pois os pensamentos ficam focados em como saná-las, mas isso não impede que viva o dia de hoje e se programe em pagar suas dívidas como puder.

Vemos pessoas felizes com muito, com pouco ou às vezes tão pouco, e nos questionamos, “pode ser feliz assim?”. Sim pode ser feliz assim.

Será que um dia, ouvindo alguém nos dirigir palavras de maneira sincera, descobriremos que estamos nus de tudo aquilo que acreditamos ser? Temos dificuldade em perceber nossa essência. De entrar em contato com o que realmente somos, sem roupas, sem máscaras… É mais fácil perceber o outro, que a nós, e apontar os defeitos alheios, pois isso nos exime de olhar para dentro e para nossas dores. Pensamos ser mais fácil mudar aquele que consideramos errado e nessa tentativa geralmente frustrada, muitas vezes utilizamos críticas que nos ‘parecem’ construtivas.

Não é tarefa fácil descobrir e tomar ciência daquilo que realmente somos, e para que isto aconteça, precisamos “implicar” com nossas questões emocionais, com nossa história de vida, com aquilo que pouco a pouco foi nos constituindo. Nossos traumas, nossas decepções, nossas angústias e também as coisas boas que vivenciamos, nossos momentos alegres, instantes mágicos vividos na infância, enfim… tudo aquilo que vivemos forma nosso inconsciente e aquilo que somos.

Estar feliz é um estado interno, que tem que ser buscado diariamente, um exercício de não se permitir estar infeliz, independente do que possa estar acontecendo. Tudo que acontece não entre em desespero, apenas vá eliminando os problemas conforme eles aparecem (prioridades), não deixe sua vida virar um emaranhado de problemas, não pense neles apenas, mas pense sempre nas soluções para seus problemas.

Resgate sua felicidade, não viva nem no passado e nem em um futuro distante, procure viver o dia de hoje, com as coisas de hoje, com as pessoas que gosta e estão perto de você hoje, amanhã se programe, mas não há garantias que o que planeja seja 100% certo, mas 50% é provável.
Sua alma existe, mora em você e é feliz, apenas você não foi informado (a) disso.

Felicidade interna é opção, opte por resgatar seus momentos felizes por mais simples que sejam (até comprar um pão quente na padaria) aprenda a sentir prazer nas coisas cotidianas da vida. Olhar para dentro de nós requer coragem e determinação, mas com certeza é gratificante, pois é o caminho para o encontro do essencial e, recebemos como presente a liberdade para viver e fazer escolhas de maneira consciente.

Helen Keller, uma renomada escritora cega e surda que, ao invés de lastimar-se pelo seu infortúnio, superou os obstáculos tornando-se símbolo de coragem, afirma “quando a porta da felicidade se fecha, outra se abre, mas normalmente olhamos tão intensamente para a porta fechada que não vemos a outra que se abriu para nós”.

Precisamos despertar o que existe de melhor e relegar frases como: “Eu nunca poderia…”, “Eu não mereço…”, “Eu não devo…”, “Eu não tenho capacidade para isso…”. Estas afirmações são crenças negativas que acabam nos programando e impondo-se como verdades ‘infundadas’.
Goste de você, goste da sua vida, goste das suas qualidades e dos seus defeitos (eles você pode melhorar  quando quiser), seu dia é muito curto para ser triste.

Procure todos os dias dentro de você sua própria fórmula de felicidade,
Permita-se desvendar quem é! A não ser tão autocrítico! A encontrar novas formas de buscar prazer e satisfação de seus desejos, que não pela via da repetição! Seja dono do seu próprio destino, se conhecendo e amando como realmente é! Pois tudo é reflexo do que desejamos, consciente ou inconscientemente.


Procure todos os dias dentro de você sua própria fórmula de felicidade, e lembre-se, você é o dono dos seus sentimentos.  




Fonte: Psicologia na Net, Karim klemm                                  
                                                      

Comentários

Gisa disse…
Melhor caminho minha amiga
Um grande bj
Ricardo Calmon disse…
Holla Nelcy:

Um prazer imenso,te-la como girassolica persona seguidora de campos meus de girassois, passando vista dolhos por seu oráculo eletrônico, senti o paralelo entre nossos blogs e seu humanístico propósito, viver é sim,pura magia,viva la vida

bzuz girassolicos
Nelcy Domínguez disse…
Ricardo, o prazer é todo meu, com relação ao paralelo,eu também senti,é eu o que eu chamo de, sincronização. um grande bjo.
Evanir disse…
Com muito carinho desejo um
abençoado final de semana.
Alegria ,saúde e paz no coração.
Bjs,De paz e luz.
Evanir
Gostei muito das suas postagens
procurei seguidores mais ñ achei.
Evanir disse…
Querida ..
Logo mais isso é a partir das zero hora
vou colocar seu blog em homenagem.
Estava esperando você vir no meu blog
obrigada por ter vindo.
Já entrei seguindo você .
Creia suas postagens falou muito ao meu coração.
Sera a Unica homenageada para que..As pessoas leia .
E guarde em seus mentes o quanto precisamos de uma Psicóloga nunca diga sou normal.
Te espero no blog e não esquece de seguir meu blog .
A esquerda tem um presente para homenageado não esqueça de pegar.
Um beijo no coração.
Evanir.
Nelcy Domínguez disse…
Minha querida,obrigada pela gentileza, me sento lisonjeada com o elogio. Beijo na alma. Nelcy
Angel disse…
Eu trabalho com saúde mental tbm
Caps de Uruguaiana R/S
Gooostei muito daqui do teu espaço
e nessa area realmente só trabalha quem gosta do que faz
Ou tu ama ou odeia saúde mental :D
Maria selma disse…
Nelcy,gostei do seu texto,,,a felicidade está em nós e é tão dif´cilm de encontrá-la estamos sempre procurando um jeito de ser feliz,,,,
passei para uma visita e já gostei muito,,,,
beijos de luz,,,
Evanir disse…
Querida amiga venho desejar um feliz final de feriado.
Bjs no coração sua amiga sempre,Evanir
Nelcy Domínguez disse…
Olá Angel, respondendo a seu comentário, realmente dou toda razão a você, no meu caso eu amo o que faço,trabalho em CAPS também,e que bom encontrar outro profissional que trabalha nesta área. Beijos na sua alma
Nelcy Domínguez disse…
Minha querida Evanir e Selma, Obrigada pelo carinho e muito sucesso para vocês! beijos na sua alma.

Postagens mais visitadas